quarta-feira, 30 de setembro de 2015

É só uma fase! Vai passar!


Ei, você que acha que a alta do dólar não te afeta porque não vai viajar para a Disney em janeiro! Por favor, leia o meu texto! Acho que preciso te contar que muitas outras coisas podem ser prejudicadas com a alta de mais de 50% da moeda do Tio Patinhas este ano!
O Brasil, definitivamente, gastou muito mais do que havia em caixa, ou seja, estamos com um desequilíbrio nas nossas contas. Isto gera desconfiança nos investidores, especialmente, no estrangeiro. Esta desconfiança ficou mais abalada depois que uma das agências de classificação de risco reavaliou nosso país dando um rebaixamento em nossa capacidade de pagamento de nossas dívidas. Antes disso, o governo enviou para ser aprovado, ao Congresso Nacional, um Orçamento com os gastos para 2016. Em síntese, dizia: em português claro, não temos dinheiro, mas vamos continuar gastando.
A conclusão deste desalinhamento orçamentário foi um efeito devastador no dólar. A moeda, que já estava pressionada por questões internacionais, subiu e continua sua escalada ao infinito...
Apesar de o governo ter anunciado um pacote de medidas para reduzir esta diferença de gastos, sua credibilidade com o que chamamos de agentes econômicos – empresários, produtores, investidores, população em geral – ainda é pequena, pois parte do ajuste implica em aumentar impostos. E todos nós sabemos que não vemos os benefícios dos mesmos.
          Mas voltemos aos impactos do dólar...                                                          
Como vivemos num mundo globalizado, onde os agentes econômicos trocam suas mercadorias e buscam eficiência onde são mais competitivos, muitos dos itens que consumimos são cotados em dólares, ainda que alguns sejam produzidos aqui.
Já sabemos que o nosso pãozinho, a adorada pizza e a macarronada têm trigo argentino e sendo assim seu preço está dolarizado. Apesar de sermos grandes exportadores de soja e carne seus preços também são cotados em dólar.
A solução, ou pelo menos, a tentativa, é fazermos substituições onde for possível. Consumir em menor quantidade certos itens também pode ser uma saída. Acho que já estamos fazendo, não é?
Mas aí você pensa, ah eu sou vegetariano e cortei o glúten que está presente no trigo, esta alta não me afeta. Sinto muito, meu amigo!
Pois, indiretamente, muitos produtos que compramos contêm componentes importados e os fabricantes repassam este aumento para o consumidor final, ou seja, para mim, você, todos nós.
A disparada do dólar também elevou a dívida dos Estados e Municípios. Na pior das hipóteses, podemos ver serviços públicos e servidores públicos sendo prejudicados. O mesmo também acontece com as empresas que não fizeram operações para proteção cambial, conhecida como hedge cambial.
E para quem já tem uma dívida em dólar recomendo quitá-la o quanto antes e não assumir outras na moeda. A tendência é de instabilidade do dólar e pode ter picos de alta.
Se já havia programado viagem em dólar ou euro (que também está bem alto) considere pagar tudo em espécie. Avalie o que vai gastar nos passeios, pesquise antes na internet as melhores alternativas e só use o cartão de crédito para emergência. Páginas de viajantes são ótimas fontes de informações, recomendo: http://www.goeuropa.com.br.
Aproveite o período para rever seu padrão de consumo de produtos importados. Aquela cerveja belga, o queijo suíço ou o vinho português deverão ser melhores avaliados nas próximas compras por estes meses. Não é nada essencial, é? É só uma fase! Vai passar!
E o dólar na casa dos R$ 4,00 só tem lado ruim? Alguém ganha? Sim! Com o dólar neste patamar nossos produtos ficam com preços atrativos no mercado internacional. Isto estimula os empregos de empresa nos setores ligados ao mercado exportador. Não é tão simples ou fácil, pois a economia mundial não está aquecida, mas é um canal de oportunidade para estas empresas que estão num cenário adverso local.
Outro setor que pode se beneficiar é o turismo local, visto que as pessoas evitam assumir dívidas em moedas estrangeiras e optar por gastarem em reais e, além disto, para o gringo o real está barato. Então, este é o momento do nosso setor hoteleiro fazer o melhor para seu hóspede.
Já como opção de investimento, acredito que ter uma moeda forte como mais um ativo, desde que esteja diversificada, faz todo sentido. Comprar papel moeda, eu não acredito que seja a melhor estratégia para aproveitar a alta, a não ser que tenha um compromisso no curto prazo e precise pagar em espécie. Porque você só realizará seu lucro se vender a um preço maior do que comprou. E a variação cambial diária, o que também chamamos de volatilidade, tem sido altíssima. Mais uma vez, prefiro deixar com os “caras”, com os gestores dos fundos, que se dedicam para esta função. E olha que para eles também está bem difícil acertar o momento ideal de entrada e saída.
Se um investidor tivesse aplicado em 29/06/2011, quando o dólar chegou a R$ 1,5720 e vendido em 28/09/2015, por R$ 4,1007, seu rendimento teria sido de 160,86%. O CDI foi de 50,43% e o IPCA 30,94%. Mas a quê custo, ou melhor, a quê volatilidade este dólar chegou a este resultado? Com muita volatilidade, como por exemplo, entre os dias 24/09 e 25/09 que houve uma queda de 7%.
Por isso, aplicar em outros produtos se faz necessário. Aplicar em fundos que fazem investimentos no exterior já é uma possibilidade. Os investidores podem contar ainda com fundos cambiais, apesar de o rendimento ser em real e o risco ser 2 vezes maior que um fundo de ações.
Com a alta do dólar há sempre alguém ganhando e alguém perdendo. A questão é buscar um lado da balança para ficar e aproveitar esta alta que não será eterna, assim como a baixa não foi.  


terça-feira, 29 de setembro de 2015

Parabéns, mãe!!!



     

          Oi gente, 

          Hoje é um dia muito especial. Hoje é o dia daquela que me botou no mundo e ralou muito para que eu me tornasse quem sou hoje. Hoje é o aniversário da minha mãe, a mulher mais guerreira, forte e raçuda que já conheci.
          Já tem uns dez anos que saí da casa dela, pra correr o mundo em busca dos meus sonhos, e a saudade é uma das coisas que mais me machuca, e é engraçado como a gente só da valor nas pequenas coisas depois que não tem mais. Não digo só pela cama quentinha, pela roupinha sempre cheirosa, ou pela comidinha de mãe. Digo pela companhia, pelo carinho, pelos cuidados, pela atenção.
          Quando adolescente, não dava muito valor a esse sentimentalismo, e achava que todo cuidado era implicância. Mas hoje compreendo perfeitamente o propósito do seu zelo e das suas broncas. Já até falei disso aqui, no post de dia das mães, que as vezes precisamos de um certo distanciamento para entender o que é o amor de mãe, e hoje dou valor a cada minuto mundo dela.
          Mães são mesmo como portos seguros, com suas palavras de conforto quando precisamos, com seu colo fofinho quando a nossa caminhada parece mais árdua do que podemos suportar, com suas mãos calejadas que enxugam nossas lágrimas em momentos de fraqueza. Minha vontade é de colocá-la numa caixinha e carregar sempre comigo.
          Minha decisão de sair de casa foi tomada por impulso, e por esse motivo as pessoas não botavam muita fé na minha escolha. Ela não me disse nem que sim, nem que não. Só me desejou boa sorte, e falou que meu lugar sempre estaria guardado ali, caso eu quisesse voltar. Sei o quanto ela sofreu, mas sei também o quanto ela torceu para que eu desse certo, para que eu conseguisse realizar os meus sonhos, para que eu fosse feliz independente da forma e do lugar.
          As vezes a saudade dói, me impede de seguir em frente, as vezes o medo me impede de seguir em frente, as vezes as batalhas diárias me impedem de seguir em frente, e é ela quem me manda engolir o choro e continuar minha caminhada, mesmo querendo que eu volte para casa, pra que ela possa me cuidar e proteger. 
          Para as mães, filhos crescem, mas não envelhecem. Serão sempre meninos perdidos, com medo de escuro. E isso é maravilhoso. Quando os monstros que moram embaixo da cama insistem em me acordar no meio da noite, é nela que eu penso, e é ela que me encoraja a enfrentar. Quando a vida parece escura demais, como quando era criança, e não conseguia levantar nem para pegar água de madrugada, é ela quem diz que o escuro é só a luz apagada, e que não é preciso ter medo. 
          Nesse momento, como não poderia ser diferente, as lágrimas me descem rosto afora, e um mix de emoção me toma. Alegria por ainda tê-la comigo, tristeza por não estar lá no dia de hoje, medo por saber que mães não são eternas, embora eu ache que deveriam ser. 
          Ainda me sinto uma criança perto dela, e sempre que vou vê-la, ela me enche de mimos. Faz meus pratos preferidos, dormimos juntas, costuramos juntas, vemos TV juntas (é verdade que ela sempre dorme, mas tá valendo). Queria poder ter mais tempo assim com ela, mas já que não é possível, aproveito da melhor forma cada minuto que estou em sua companhia.
          Tive a sorte de poder ser criada por uma mulher de caráter, de valores, com uma história de vida emocionante, e uma fé quase que inabalável. Apesar da vida dura, e de tudo que sofreu, ela criou duas filhas sozinha, e abriu mão de muitas coisas para isso. Tenho a sorte de aprender diariamente com ela, e poder compartilhar com ela minhas alegrias e tristezas. 

          Hoje eu tô muito emotiva, porque queria estar com ela, então me despeço por aqui, e deixo uma musiquinha que ela sempre canta lembrando de mim. Vai ter sertanejo sim, porque ela ama! :)


O negócio é o seguinte: Use o Word Swag para seus Memes

 
Olá, o negócio é o seguinte: use o Word Swag para criar seus memes, avisos de promoçõe, frases (sempre o autor, por favor) e faça bonito!
 
Aqui na Biblio Ideias, nossos clientes recebem um kit com artes para o mês com capa para o Facebook e cartão festivo (dia dos pais, outubro rosa, etc.) e uma arte promocional mensal. Eles ainda podem contratar artes extras.
Mas, tem situações, em que o cliente não pode esperar, precisa comunicar algo rápido, relâmpago e nesses casos, o negócio é você usar Apps para te salvarem e sua arte sair com uma carinha mais profissional.
 
Quem nos indicou foi a cliente Susana Costa, do Está tudo bem e nós adoramos.
 
Você compra o App por cerca de U$ 3,99 na iTunes (roda em iOs) e escolhe fundo (pode usar uma foto sua), fonte e lay-out e manda ver no seu banner virtual.
 
Veja o que fizemos na "emergência"



 
Nada se compara ao talento do Henrique, mas para emergência, esse App quebra um galho.
 
Se você tem iOs, baixe já e manda as artes para nós vermos (mande para nossa fan page e ou por e-mail biblioideias@biblioideaias.com
 
Como todo dia é algo a se celebrar, mãos a obra e fixe sua marca!

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

BIBLIO DROPS: #almoçocomnegócios: Como editar seus vídeos no iMovie - 01 de Outubro com Flavia Rebello

 
Toda semana encontramos você para um almoço virtual, onde durante 1 hora abordamos um tema para te ajudar a empreender e a fazer negócios com sucesso.
 
A Flavia Rebello, nossa integrante criativa, conteudista tem também uma produtora de vídeos e por isso assumiu todas as palestras acerca do tema.
 
Quem perdeu ou quer rever as palestras sobre vídeos para entender porque é importante gravar vídeos para comunicar seu negócio, como gravar os vídeos com o que você já tem casa, vá ao nosso canal e confira AQUI
Você pode também buscar aqui no blog por Flavia Rebello e assistir do blog mesmo!
 
Te convidamos a assistir como editar vídeos no iMovie, para quem tem um Mac Book em casa ou trabalha com iOs. As dicas vão ser incríveis!
 
Ela vai mostrar como criar seu canal no You Tube, carregar seu vídeo e divulgar, após ensinar a editar.
 
Inscreva-se gratuitamente AQUI e receba o link por e-mail (inclua seu e-mail do Google +) e participe ao vivo, fazendo suas perguntas (10 vagas).
 



Achados da semana: Vale a pena conhecer, comprar!

 
Hoje saiu o livro Tempo Junto da Patricia Marinho, na Cultura e isso nos inspirou a criamos uma coluna nova para você: Achados da semana!
 
 
     A Biblio Ideias começou como um blog para que eu vislumbrasse a possibilidade de trabalhar para mim mesma, como uma bibliotecária virtual e pudesse dar asas à minha imaginação com itens de decoração para bibliotecas, bibliófilos, etc. Isso foi em 2008. Em 2010 o Miguel nasceu e a decisão de ficar com ele em casa foi ficando mais forte e eu vi a possibilidade de incluir o marketing social e digital como forma de agregar ao trabalho de fornecedores locais e parceiros e com isso no blog, que virou empresa e meu sonho de ter tempo junto diariamente com Miguel vem se realizando e se fortalecendo. A rede de mulheres que priorizam a criação dos filhos e inventaram seu próprio emprego me mobilizou bastante e me manteve nesse caminho até hoje, como  a Sam do Mães (e pais) com filhos.
 
     Com o crescimento do trabalho, às vezes, me atropelo e foi em contato com um blog que vi nascer, o TEMPO JUNTO, da Patricia Marinho, amiga da Flavia Guerra, minha cunhada, que encontrei várias atividades para fazer com Miguel em casa. Nem que seja por 10-15 minutos, ter meu momento brincando com ele.
 
     Porque urgência, emergência e tal, sempre vai haver. Que o não brincar com ele seja a exceção e não a regra do meu dia-a-dia.
 
    Na Biblio Ideias somos ativistas do empreendedorismo materno e do ativismo materno e por isso, parabenizamos a publicitária Patricia Marinho, pelo seu empenho com suas Carol e Gabi, pelas parcerias, por levar o brincar a sério e por nos presentar com tantas coisas boas e ideias positivas para reproduzirmos facilmente em casa.
 
 
 
 
 
Ter tempo junto é algo de mais precioso que podemos oferecer aos nossos filhos, em seu desenvolvimento.
 
Então, por isso, na coluna nova: ACHADOS DA SEMANA, compartilho com você o site TEMPO JUNTO, que tem também outras mídias sociais (Instagram, página no Facebook) e hoje lança o livro com 100 brincadeiras, pela Cultura!
 
 
Segue o link para você que gostou da ideia e quiser comprar o livro  AQUI
 
Ps:um super presente de dia das crianças, dia dos professores. Se usar as brincadeiras, poste com o #tempojunto e vamos espalhar amor e tempo junto com os filhos pela rede
 

BIBLIODROPS: Tem novidades em nossa loja virtual para o dia das crianças bem divertido, nerd e fofo!

 
Muitas vezes não sabemos como presentear uma criança, porque tem muitos brinquedos ou não sabemos direito o que ela possui.
 
Canecas agradam a crianças grandes e pequenas, podem ser usadas como item de coleção e podem ser porta lápis e servir como caneca mesmo!
 
Nos inspiramos nos games para essa coleção e atenção, caso queira mais quantidades, podemos negociar. Os valores são para produção individual!
 
Diga qual a sua favorita!
 As artes foram feitas pelo Henrique Maciel, que passeou pelo universo de Mario Bros, Minecraft e Star Wars!






 
Clientes Biblio Ideias do pacote de marketing digital (tripé criativo) tem frete grátis e moradores de Niterói podem solicitar entrega via Moto Boy.

Vai la na loja e boas compras!

Antecipe-se e monte kits com as canecas:

1- Dica 1: encha de balas e chocolates e faça uma deliciosa surpresa
2- Coloque um lego com o tema dentro da caneca
3- Coloque com o game favorito da criança no kit

 

Biblio Drops: Parabéns Datacoop, 19 anos de informação e conhecimento!

 



Conhecemos a Datacoop desde meus tempos de estudante de Biblioteconomia. Uma de nossas primeiras clientes e agora parceira!

Muito sucesso e parabéns pelos seus 19 anos!

Vai Desanuviar!

          Olá pessoal, 

          Voltamos com mais um “Vai Desanuviar”, e essa sexta abrimos os trabalhos pelo Rio de Janeiro, porque ainda hoje rola a festa Festa Mug, uma festa dedicada a MPB, embalada pelo som do DJ Marcelo Paes e convidados nas carrapetas.
          A festa acontece no Quiosque Oke ka Baianatem, que fica na Av. Epitácio Pessoa, s/n quiosque 14 (Parque da Catacumba), na Lagoa. A festa começa às 21h e a entrada é gratuita.

Foto: Reprodução do Facebook

          Já nos dias 26 e 27, o evento Batom no Copo vai agitar o Parque das Ruínas, em Santa Teresa. Esse é o primeiro evento cultural cervejeiro no Rio de Janeiro voltado para o público feminino (mas homens são bem-vindos), e terá também música e gastronomia. O evento acontece das 10 às 19h, e a entrada é gratuita.

Foto: Reprodução do Facebook

          Também nos dias 26 e 27, acontece no Parque de Madureira, a Feira Gastronômica Itinerante, que foi criada com intuito de levar produtos e serviços de qualidade a todos os lugares da cidade.
          O evento terá a participação de food trucks e food bikes, como o Devorarte Food Truck , Jay-Jay Truck, Jacques Burger, Espertas Truck, Ra Delices Food Bike, La Calaca e Dona Sebastiana.
A feira rola a partir das 11h e a entrada é gratuita.

Foto: Reprodução do Facebook

          Ainda no sábado, o rapper Emicida apresenta seu novo show "Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa” no SESC de Madureira. A apresentação faz parte do Programa SESC de Música, começa às 20h, e os ingressos custam R$ 5 (associados Sesc), R$ 10 (estudantes, jovens até 21 anos e idosos) e R$ 20.

Foto: João de Holanda/Reprodução do Facebook


          E no domingo, a Praça da Rua General Glicério, em Laranjeiras, recebe o bloco infantil Gigantes da Lira, com a Folia Brincante de Cosme e Damião, que promete fazer chover doces pra criançada. O público é convidado a levar doces. A programação inclui música e brincadeiras celebrando os santos.

Foto: agenda Bafafa

          Agora, pra quem está em Niterói, até o dia 27 de setembro, o projeto Arte na Rua da semana segue com um roteiro diversificado de atrações gratuitas distribuídas por diversos bairros da cidade. O projeto é uma iniciativa da Prefeitura de Niterói, e o objetivo é ampliar o conceito de arte pública, urbana, livre, popular e democrática da cidade. 
          São apresentações musicais e teatrais, e entre elas estão o espetáculo infantil Piatã, refletindo sobre as trocas culturais entre diversos povos e modos de vida; o melhor do rock contemporâneo com a banda TopVox; Estórias da Carochinha, que embalaram distintas gerações; e apresentação de Tango na Rua, para envolver o público o melhor dessa clássica dança latina. 
          Confiram a programação:

Espetáculo infantil “Piatã” 
Data: Sábado, 26 de setembro de 2015 
Horário: 11h 
Local: Praça do Largo do Marrão 

Show da banda TopVox 
Data: Domingo, 27 de setembro de 2015 
Horário: 11h 
Local: Centro Cultural Paschoal Carlos Magno 

Espetáculo infantil “Estórias da Carochinha” 
Data: Domingo, 27 de setembro de 2015 
Horário: 11h 
Local: Horto do Fonseca 

Tango na Rua 
Data: Domingo, 27 de setembro de 2015 
Horário: 17h 
Local: Praça do Ingá 

Foto: divulgação

          De 25 de setembro até 4 de outubro, a comédia musical de strip-tease masculino “Ou Tudo Ou Nada” (The Full Monty) realizará sessões de pré-estreia em Niterói.
          O musical é uma adaptação do filme homônimo de 1997, e conta a história de um grupo de homens desempregados devido ao declínio do mercado industrial e ao fechamento das fábricas em Nova York, que procuram alternativas para ganhar dinheiro. Inspirados nos Chippendales, montam um show de strip-tease – mas, como não são os exatos modelos de beleza, se propõem a tirar toda a roupa (diferentemente dos Chippendales, que não fazem nu frontal) para atrair o público.

Serviço:
Data: De 25 de setembro até 4 de outubro
Sex, 21h30 | Sáb, 18h e 21h30 | Dom, 19h.
Preço: R$ 60.
140 min.
Teatro Popular Oscar Niemeyer
Ingressos já estão à venda, no valor de R$ 60.

Foto: Divulgação

          No dia 27, a partir das 15:30, acontece mais uma edição do projeto Bike Anjo, no Teatro Popular Oscar Niemeyer.
          O projeto, já conhecido pelos niteroienses, tem como objetivo incentivar o uso da bike como meio de transporte, difundindo a questão da mobilidade sustentável, e ensina adultos e crianças a andar de bicicleta. O projeto da escola é gratuito e para todas as idades!
          Dica dos anjos: recomendamos o uso de tênis e roupas leves para ficar mais confortável. Pedimos que não usem chinelos ou sandálias.
          O evento é gratuito, e se você já sabe andar de bike, pode aparecer lá pra ajudar o pessoal. :)

Foto: Divulgação
          Agora que vocês já tem o que fazer, aproveitem! Se aproveitarem alguma de nossas sugestões, tirem fotos e marquem a #vaidesanuviar
          Boa diversão!

Hoje é dia nacional do trânsito

          E nesse dia gostaríamos de ressaltar a necessidade de um trânsito mais seguro. Se beber, não dirija! Respeite os limites de velocidade. 
          Vamos juntos trabalhar por um trânsito mais tranquilo.


quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Papo de quinta: Em que palco você gostaria de estar?

 


 
Hoje é dia de falar de comportamento feminino aqui no blog. Eu tinha deixado um texto pronto, sobre empreendedorismo feminino inspirada em um filme, que adoro, mas ao assistir a dois shows no Rock in Rio na semana passada, não pude deixar de reparar em dois palcos.
 
O primeiro palco, quem me chamou atenção foi o Rodrigo, meu marido, que adora os Motley Crew, que eu confesso, não conhecia, não lembrava...uma galera radical, que ama motos e garotas lindas e representa o Metal Glam.
 
O outro palco, do Rod Stewart, que mantém o mesmo corte de cabelo, mas evoluiu no quesito cavalheiresco e isso me deu muita vontade de compartilhar com você e te perguntar: em que palco você gostaria de estar, mulher? Ou, em que palco você gostaria que sua mãe, irmã, mulher ou prima estivesse, homem?
 
Analise comigo:

 
Gatíssima, sexy, magra, modelo "gostosona" que tem a ver com que temos conversado, no backstage eu e Flavia Rebello sobre o machismo nerd, que anda sempre com uma "gostosa" a tira colo e rende boas séries de TV, reality shows e tudo mais.
 
Antes de mais nada, não tem a ver com recalque, acho lindo gente linda, mulher com auto estima alta e gata, adoro! Tenho muitas amigas lindas e sensuais e não tem problema nenhum em ser bonita, estar de bem com seu corpo e sensualizar. O que estou trazendo para nosso papo é analisar se não tem um certo exagero nessa tal "liberdade feminina", se de fato é liberdade mesmo ou se no fundo não passa de uma grande cobrança pelo corpo perfeito e um quê de mulher objeto quando as mulheres são colocadas a rebolar, de short curto, body ou collant em um show estilo propaganda de cerveja. Muita gente atribui a super sensualização e vulgarização da mulher ao Funk carioca, mas após o filme interpretado por Tom Cruise (Rock of Ages) e uma conversa com a Kiki, percebi que o rock também tem esse aspecto machista. Muitas mulheres para o rock star, as groupies e tudo mais e letras onde a mulher de fato está em um lugar não muito de destaque ou valorizado, por assim dizer.
 
Adoro rock, mas tenho auto crítica. E o show do Motley Crew me deixou muito desconfortável ao lado do meu marido, fiquei com as bochechas rosadas e querendo sumir do sofá. Já houve tempo em que eu tentaria imitar em algum momento, para seduzir o meu homem, levando o estilo como referência de sedução. Mas, hoje, com 40 anos, mãe, dona do meu negócio, percebo que não quero para mim ainda esse papel de ser a super mulher e seduzir meu homem, fazer todo o trabalho sozinha. Tem que ter envolvimento, desejo mútuo, por assim dizer.
 
 
No domingo foi a vez do show do Rod Stewart e para minha surpresa, havia várias mulheres no palco. Tocando harpa, trompete, percussão, bateria, cantando e elas eram encantadoras e estavam na banda para valer, mostrando todo seu talento.
O Rod, super cavalheiro, as levava pelas mãos à frente do palco para que solassem. Eu fiquei encantada. Com seus vestidos estilo "melindrosas", combinando com cada blazer dele, ou seja, trocaram de roupas várias vezes e sua performance era linda, feminina, sensual e poderosa. A alegria delas, o ar de confiança eram nítidas e a beleza, nem se fala. Não era sombrio e nem chamando para a briga, como se precisasse se auto afirmar. Vibrei, dei gritinhos e quase saí dançando e lógico, mostrei a diferença para o Rodrigo.
O Rod, as estava empoderando e elas, empoderando outras mulheres, mostrando que sim, é possível brilhar, fazer parte de algo grande, sem se vulgarizar ou vender. 
 
 
Me lembrou o show da Lilith Fair, que é um movimento só para mulheres artistas, cantoras, que reivindicam destaques e maiores couverts do que os homens e questionam esse mercado. Mas, isso é para outro papo de quinta.
 
Decidiu em qual palco gostaria de estar ou ver suas mulheres brilharem?

Cats Lover Day!

          Durante os próximos dias, vocês verão algumas pessoas/páginas na internet usando a #catsloverday. Não estranhem! Nós também entramos nessa e vamos te explicar do que se trata.
Cats lover day, se traduzido de forma simpática, quer dizer adorador de gatos, enfim, são pessoas que tem verdadeira paixão por felinos. 
          O "Cats Lover Day" foi idealizado por 3 brasileiras apaixonadas por gatos, e acontece normalmente na última quinta-feira do mês de setembro, com o intuito de mobilizar a internet sobre a questão dos bichanos, e está a cada ano mais focado na conscientização (principalmente sobre adoção de animais).
          Nós, da Biblio Ideias, abraçamos a causa, até porque ainda existem muitos fatos sobre gatos que precisam ser desmistificados. Gatos não são interesseiros, muito menos alheios aos seus donos, muito pelo contrário. Quem tem gato sabe o quão companheiros e carinhosos eles são. Um outro mito que ronda por aí é o de que gatos pretos dão azar. Gatos pretos não dão asar, mas infelizmente tem muita gente que os maltrata por pensar dessa forma. 
          Animais de estimação, independente da espécie, precisam de cuidados, amor e atenção. 
          No mais, happy Cats Lover Day!




quarta-feira, 23 de setembro de 2015

O quê tenho aprendido com as crises - Parte II


Dando continuidade ao assunto do texto da semana passada, onde relatei um pouco do que passei na crise de 2008, neste, escrevo contando o quê algumas crises me ensinaram. Definitivamente, as crises servem para nos trazer ensinamentos. É assim que prefiro encará-las. São oportunidades de aprendizado, claro, de maneiras bem difíceis, mas que vamos crescendo e tirando grandes lições.
A saber, com a crise do apagão energético entre 2001 e 2002, obrigando a população a adotar uma série de novos hábitos, como desligar o micro ondas na tomada quando não estiver usando. Aqui em casa fazemos até hoje!
Ano passado, quando veio o susto com a queda no nível dos reservatórios de água, adotei o uso do balde no banho para reutilizar a água na descarga. É impressionante como gastamos água enquanto tomamos banho, especialmente quando lavamos os longos cabelos, não é mulherada?
Tenho estado muito mais atenta às ofertas e promoções nos mercados. Sei quais são os dias que têm oferta de carnes e legumes nos mercados da região, o que não tinha a menor ideia antigamente. E faz diferença! Aquela dica simples de comprar o que estiver na época da colheita para a estação do ano e que for consumido para semana também é levada em consideração, cada vez mais evitando o desperdício de alimento.
Aproveitar as promoções de pizza no meio da semana, comprando 2 que saem pelo preço de uma. Vale a pena, gente! Depois de descongelada, esquenta no forno e fica uma maravilha! 
Tive o prazer de conhecer e passar pela consultoria de estilo da querida Lu Valente (http://www.luvalenteconsultoria.com.br/), que incrivelmente descobriu que tenho muito mais roupa do que imaginava, e me orientou a comprar pontualmente algumas peças “coringas”. A melhor parte foi que pude perceber que, com orientação, vou comprar o que realmente irá compor meus looks e não aquela peça que não combina com nada e não terei a sensação de gastar dinheiro e sim fazer um investimento em roupa, o que para mim faz todo sentido! Meninas, super-recomendo! Meninos, indico também para o guarda-roupa de vocês e para que não enlouqueçam quando elas disserem que não têm roupa para sair, depois destas dicas da Lu na vida delas isto não será mais desculpa.  Sugiro darem de presente para as suas amadas!
Com esta preciosa informação, um dia destes tive a oportunidade de ir a um Bazar de roupas de fábrica. Já tinha ouvido falar do ShopMy Closet Bazar (@shopmyclosetrio), mas só pude ir à edição de 11/09. Havia peças lindas e baratíssimas!  Além desta descoberta, outra iniciativa maravilhosa que veio com a crise é o bazar beneficente (irei a um de uma prima no final do mês). O negócio é o seguinte, você tem uma peça em casa que não usa mais, que ainda esteja boa, então reúne seus amigos e vende por um preço camarada. A renda é revertida para uma casa de caridade, ou se estiver precisando da grana, desapega mesmo! Mas seja sincero com os amigos, por favor!
Com a intensidade da crise fui convidada pela querida e incrível Marcelle Rebelo a contribuir semanalmente para o blog da sua empresa de marketing digital, a Biblio Ideias. E a partir daí várias iniciativas surgiram, o que me deixa muito satisfeita por poder orientar cada vez mais pessoas na busca por sua independência financeira. Pude perceber quantas pessoas estão se interessando pelo assunto de finanças pessoas.
E para quem tem disponibilidade de recursos e um plano financeiro montado pode aproveitar que os títulos de renda fixa estão pagando excelentes taxas. Tanto os públicos e, melhor ainda, os privados. Para uma referência, há duas semanas, fechei para uma cliente um título público, Tesouro IPCA+2018 com remuneração de IPCA + 7,35%. Ou seja, a cliente receberá seus recursos mais 7,35% acima da inflação até 2018, é uma excelente taxa! Só lembrando que a poupança, no ano, entrega, em média, 6,5%.  No auge da crise em 2008, tive cliente que fez uma operação com vencimento em 2017 recebendo remuneração de 18% ao ano! Em outubro de 2012, a taxa de juro no Brasil já estava num patamar bem mais baixo, em 7,25%. Conclusão, quem teve sangue frio e aplicou no momento certo ainda está ganhando com a crise passada e com esta que estamos vivendo, pois a taxa de juros vigente é ainda mais baixa do que a que está remunerando a operação feita em novembro de 2008.  Aqui cabe ressaltar que todos estes valores citados são para os casos dos clientes que permanecem nas aplicações até seus vencimentos.
Outra alternativa é investir em ações de boas empresas. Sabemos que os preços das ações das empresas estão mais baixos, porém algumas empresas são bem geridas e não estão envolvidas por esquemas de corrupção. Algumas, inclusive, podem se beneficiar do cenário atual, como as empresas que têm o mercado exterior como maior cliente, tais como as de papel e celulose, alimentos. Os bancos, empresas de cartão de crédito e companhias de fidelidade também tendem a sofrer menos neste período.
Cabe ressaltar aqui que não é uma recomendação para aplicação em título público, privado ou em ações, pois o que ajudará na tomada de decisão será uma análise detalhada de seu perfil de investimento após responder o Questionário do Perfil do Investidor, além de uma conversa com sua Planejadora Financeira.
Agora, se vamos todos ter que passar juntos pela crise, que tal fazer uma bela limonada? E só se for suíça! Ou para quem gosta, uma boa caipirinha também cai super bem!!! Tim Tim!!!



É primaveraaaa!!!

           Hoje começa a estação mais linda. Que a primavera traga com ela sua energia boa, florescendo ainda mais nossas vidas, as tornando ainda mais coloridas.



          E para embalar esse início de Primavera, vamos de música boa!



terça-feira, 22 de setembro de 2015

Hoje é o dia do vá de bike!

Hoje é o dia mundial sem carro, então se não foi de bike para o trabalho, porque não aproveita para fazer um passeio agora. De bicicleta ou à pe, pra tomar um sorvete ou só para se exercitar. Aproveita e põe o papo em dia com aquele amigo que não tem tempo de falar faz um tempão. :)


Por que você precisa proteger sua marca? Assista ao hang out! Comente!

Afrontamento! Sobre os ismos e "fobias" da nossa vida cotidiana

          Volteeeeeiii!

          Estavam com saudades, né? :)

          Então, essa semana, mais uma vez, o papo é sério. Eu tinha ensaiado para falar sobre machismo, mais uma vez, porque infelizmente esse assunto parece não ter fim, mas tanta coisa aconteceu, que achei melhor expandir um pouco a discussão.
          Semana passada tive a oportunidade de assistir a um pocket show da Tássia Reis, uma cantora da nova geração que está vindo com tudo, com sua voz suave, uma pegada meio rap/jazz e um discurso incrível em suas canções. Para mim, Tássia é ícone total de empoderamento. É uma jovem, negra, linda, cheia de atitude e muito forte. No dia do show, tive a oportunidade de trocar umas poucas palavras com ela, e se eu já a admirava antes, agora então a amo ainda mais. 
          Uma das músicas que que ela cantou me chamou muito a atenção. Era um rap, chamado por ela de "Afrontamento", que ainda é cantado só em shows, e tem uma letra forte e bem realista, o que me fez entrar em estado reflexivo de forma automática. 
          Há tempos eu milito pela equidade de direitos entre gêneros, em prol das mulheres, pela liberdade de escolha, por uma vida com menos medo, em uma sociedade que infelizmente ensina os meninos a atacarem e as meninas a terem que se defender desses meninos, que acham que a mulher é um bem público. Mas depois de ouvir esse som eu realmente me dei conta de que se ser mulher já não tá fácil, imagina ser mulher e negra numa sociedade racista e machista… Tem que ter peito e coragem pra não sucumbir.
          Já sofri preconceito por ser mulher, por ser gorda, por ser “macumbeira" - sei que não é o termo correto, mas é assim que as pessoas me chamam quando falo que sou umbandista, e honestamente, eu nem ligo, assim como também já fui questionada sobre minha paixão pela cultura afro, como se eu estivesse querendo me apropriar de uma cultura que não me pertence. Mas o fato é que as pessoas que julgam quase nunca sabem as razões da nossa luta. Elas não sabem dos abusos que já sofremos, das dores que sentimos, das mazelas que passamos, das raízes que temos. As pessoas pouco se importam com os motivos, porque o preconceito, como o próprio nome sugere, é um conceito pré concebido, que não se importa com a essência. 
           As crueldades começam desde cedo, e eu me recordo de alguns apelidos que recebi na escola, mas não vou me ater a isso, pois quero falar de um caso atual. Minha sobrinha Sarah, que é filha de uma miscigenação, dia desses chegou da escola dizendo que queria ser branca. Mas por que, se ela é linda, com cabelos maravilhosos, e já é cheia de estilo (puxou a tia, é claro!)? Notamos que isso acontecia porque as amiguinhas, da escola particular onde estuda, eram em sua maioria brancas, com cabelo liso, e nessa idade, ser minoria é um processo complicado e pouco democrático. Mesmo que não hajam casos de bullying explícitos, e essa é uma fase em que a criança começa a perceber as diferenças. 
          Esse é o momento de autoafirmar, de dizer que as diferenças existem, mas que isso é bom. É o momento de trabalhar a autoestima e empoderar essa criança. É claro que seria mais fácil se situações como essas não existissem, mas no caso da Sarinha, isso foi resolvido com muita conversa, mostrando a ela pessoas que se pareciam com ela, e que eram lindas sim. Demos a ela referências de mulheres poderosas, independente de suas características físicas. Ler livrinhos de princesa da Disney NÃO ajudarão muito nesse momento, vai por mim...
          No último sábado, o Emicida, em um debate sobre racismo no Altas Horas, disse que a sociedade aplaude a miscigenação quando ela clareia, mas quando escurece, a sociedade condena. E isso é bem verdade. Quantas vezes ouvimos que uma negra ou um negro é bonito porque tem traços finos? WTF? Isso é um absurdo. 



          A música da Tássia, que falei logo no início, já começa assim: 
"Quer saber o que me incomoda, sincero
É ver que pra noiz a chance nunca sai do zero
Que se eu me destacar é pura sorte jão
Se eu fugir da pobreza, eu não escapo da depressão
Um quadro triste e realista,na sociedade machista, as oportunidades são racistas 
São dois pontos a menos pra mim.”
          É duro saber que nossa sociedade é cheia de ismos e fobias desde que ela era criancinha. Tem racismo, machismo, misoginia, homofobia, gordofobia… E tem quem pense que o assunto é ruim, é delicado por demais pra conversar abertamente, mas é assim, só assim, botando o dedo na ferida, que conseguiremos meios de curar essas doenças.
          E a Tassia termina a música dizendo: "Da zona de conforto pra zona de confronto, vai vendo.
Sumemo, me chame de Afrontamento !!!” É assim que tem que ser…
          Sei que máxima já tá batida, e é de uma campanha da prefeitura, mas é verdade: Você não precisa ser gay para lutar contra a homofobia. Da mesma forma, não precisa ser negro para lutar contra o racismo, tampouco precisa ser religioso para lutar contra a intolerância, ou mulher para lutar contra o machismo. Para todos esses casos, é preciso respeito às diferenças, somente.
          Pra fechar, queria que vissem esse discurso que a Viola Davis fez ao ganhar o Emmy de melhor atriz, e que tem muito a ver com o que eu tenho falado. 




Tássia Reis - Afrontamento! Ícone de empoderamento
Foto: José de Holanda (Reprodução do Facebook)

Princesa Sarah!


          Beijos, 

          E nos falamos na próxima semana!

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Hoje é dia da árvore! :)

A natureza nos ensina que o fruto não depende apenas do cuidado com a árvore, mas da paciência de esperar que ela cresça e amadureça.
Fabiano Braz de Almeida 


O negócio é o seguinte: Cada um na sua praia e sim, uma imagem vale mais que mil palavras!

 

Clique e aumente esse infográfico e veja o quanto imagem tem se tornado impactante e relevante!

 
     Olá, uma ótima semana para você e o negócio é o seguinte: nossa experiência comprova que imagens profissionais vão falar por você e atrairão quem não te conhece e sabe o quanto você é bom, porque boas imagens, boas artes gráficas irão mais longe por você!
Sabe quando você precisa vestir-se bem para apresentar seu negócio a um cliente ou fazer networking em evento ou festa? Pois bem, nas redes sociais, quem não te conhece vai ter a primeira impressão do seu negócio através de:
 
(a) imagem tosca, feita por você sem técnica
(b) imagem profissional, feita por quem entende
 
Adivinhe?
 
     Eu sei que não dá para terceirizar um designer gráfico quando se está começando ou com pouco orçamento, mas, cuidado ao soltar o designer gráfico que há em você e criar em imagens via .ppt salvas em .jpg, no Photoshop, Corel ou seja lá o App que você está usando no computador ou no celular.
 
 

 
No mês passado, nós precisamos criar uma arte rápida para o dia do nutricionista e enquanto Henrique não chegava com sua arte, eu tentei fazer a da esquerda, clique para ver o quão tosca ficou, afinal meu lance é conteúdo, texto e não arte gráfica. Quando Henrique fez a arte, veja a diferença! Por qual nutricionista você gostaria de ser atendido? Qual arte vende mais profissionalismo e não algo improvisado?
 
 
 
E o mesmo se deu no dia do Psicologo e te dou um doce para ver quem você acha que fez a arte mais profissional, eu ou o Henrique Maciel, nosso parceiro, que investe em cursos, suas horas e seu dinheiro para fazer o melhor pelos clientes...hein? Dou-lhe 1, dou-lhe 2...e pergunto ainda: em qual consultório você se sentiria seguro para levar seu filho?
 
Entende como a imagem sobre o serviço ou produto pode agregar valor ou detonar o valor? Por isso, desde o início, fechei parceria com designer gráfico. Gosto de trabalhar em equipe, hoje é super possível terceirizar e ter um olhar profissional sobre a forma como você projeta seu negócio visualmente e aqui na Biblio Ideias há pacotes só com design gráfico para capas, topos e cartões e você pode contratar artes avulsas, com a parceria com a HM Design.
 
Pois bem, e para aqueles memes, posts diários ou coisas que surgem ao longo do dia e não podem ir para a fila de espera? Que tal usar Apps, que não irão requerer muito de você e farão artes que parecerão profissionais?
 
Susana Costa, nossa cliente nos mostrou o Word Swag e ela mesma já criou Memes bacanas lá:
 
 
O Word Swag é para iOS e é pago, mas vale por seus fundos e fontes bacanas! Para acrescentar a marca d'água, só com a versão paga e você pode acrescentar sua logo.
 
 
 
 
Baixe AQUI
 
Já com a Ana Tex, aprendi que vale a pena apostar no App InstaQuotes, que tem fundos, deixa você usar suas fotos e tem fontes bacanas também! Ele deixa acrescentar marca d'água após x compartilhamentos e é pago também, mas vale a pena!
 
 
Baixe AQUI
 
As redes sociais estão cada vez mais visuais e suas imagens e artes devem demonstrar o quão profissional é seu serviço, seu produto, lembre-se disso e invista nessa área!
 
 
 
 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...