segunda-feira, 14 de setembro de 2015

O negócio é o seguinte: Mesmo se nada der certo!

     Olá, eu desejo uma ótima semana para você e começo a semana com o post falando sobre negócios aqui no blog Biblio Ideias com o intuito de fazer você pensar que:

1- Tudo pode dar errado! 

Sim, você pode ter ideias ótimas e planejar tudo, ou não planejar nada e sair fazendo seu negócio acontecer, com o empreendedorismo nato ou sua paixão, mas, sim tudo pode dar errado.

2- Mesmo se nada der certo, lembre-se da sua paixão, siga em frente! 

Com oportunidades, tecnologias gratuitas e disponíveis e com as pessoas que confiarem em você e acreditarem em você, na sua ideia, no seu talento e no que você faz.

    Toda sexta-feira eu assisto a filmes com Rodrigo, meu companheiro e como sou apaixonada pelo que faço e pelo que gostaria de compartilhar com você aqui no blog, eu fico antenada com sacadas que posso tirar dos filmes, para quem como eu, gosta de buscar inspiração no momento de lazer!


O negócio é o seguinte:  assista a filmes!
Às vezes a solução para um problema, um dilema, parceria, ajuste de produto, relacionamento com cliente, relacionamento com parceiros e equipe são solucionados com um insight que você tenha assistindo a um filme.
Se puder assistir a filmes em inglês, com a pronúncia em inglês, melhor ainda, porque de quebra você aprende palavras, expressões novas e tudo mais.


     Numa dessas sextas, eu assisti a um filme chamado: Mesmo se nada der certo!
Qual não foi minha surpresa, o Rodrigo me chamou para assistir e eu AMEI e recomendo que você assista para inspirar-se, enquanto distrai-se no fim de semana.

    O elenco é bacanérrimo, o roteiro, incrível, a fotografia e a trilha já valem o filme, mas vamos lá, qual o negócio desse filme que eu quero compartilhar com você:

    O filme conta a história de pessoas apaixonadas por música, e as histórias delas vão se cruzando, de uma maneira inusitada. O Adam Levine do Maroon Five é namorado da Keira Knightley e os dois são compositores juntos e vão da Inglaterra para Nova York. Bem, a gravadora e a produtora tem planos diferentes para o casal e ele sai em turnê. Adivinha o que acontece com o amor dos dois? Enfim, isso é contado de uma maneira muito diferente, em um roteiro sem muita ordem lógica (o que é divertido). Ela se decepciona e quer ir embora, se apoia em um amigo que é um músico de rua em Nova Iorque e sai de um apartmento chiquérrimo para um cafofo, digamos assim e aí tudo muda na vida dela...mas, muda porque ela vê tudo dando errado e conhece um produtor, talentoso, que também sofreu uma decepção amorosa das grandes e deixou isso arruinar sua vida profissional, mas enxerga nela um grande potencial e tenta reaver seu papel em sua gravadora.

     Eis que, nada dá certo de novo e movidos pela paixão pela música, eles criam um projeto paralelo, alternativo. Sem gravadora, eles seguem fazendo o disco ao ar livre, em vários lugares conhecidos e característicos de Nova York, com uma galera que topa entrar no projeto (não é assim na vida de empreendedorismo?)

     Muitas vezes, a ajuda vem de onde menos esperamos. Contar com quem já demos aquela mão no passado também pode ser uma saída para obter recursos e acreditar no que faz e trabalhar como se tivesse o melhor salário do mundo, faz toda diferença!

     Mesmo se nada der certo, ou tenha saído do seu planejamento, ser movido por sua paixão, viver um dia de cada vez, com disciplina e trabalhando como se já tivesse dado certo, pode fazer valer todo seu esforço e fazer você realizer seu sonho, acredite!

    Pensar no que é importante, eliminar o que não é relevante. Seguir as novas tendências e abraçar as novas tecnologias, pode realmente fazer com que seu negócio seja conhecido e ajude a muita gente!

    O filme questiona a indústria da música, o jeito de produzir, vender discos, diante às novas tecnologias (fiquei babando!) e mostra o quanto podemos ser empreendedores de nós mesmos e fazermos sucesso, levarmos nosso talento a quem precisa e sim, ganharmos dinheiro! Afinal, não se trata de um hobby.

   Achei legal também porque mostra parcerias, amizades e até a importância dos relacionamentos na vida de todos nós, sem pieguice e sem sexualizar a relação dos protagonistas, sem final previsto, o que é interessante também. Homem e mulher podem sim ser parceiros de trabalho e se apoiarem e sim, você não precisa voltar para um grande amor, caso ele não te valorize. Essa é só uma parcela da sua vida. Você tem outras paixões e pode se valorizar, guardar algo especial do que foi e se abrir ao novo, que um dia vai chegar, quando você estiver inteira. Sua vida a dois não pode impactar sua relação com seus filhos e sim, sua auto estima afeta a auto estima do seu filho. Integrar filhos em seus  projetos e reconhecer talentos natos, pode valer a viagem. Enfim, foram vários insgights que tive com esse filme! 

     Então, se você está pensando em ser empreendedor de si mesmo ou já tem seu negócio próprio, para de dar murro em ponta de faca e abra-se para o novo!

     Vejo muita gente com resistência às mídias sociais, uma ótima forma de deslanchar seu negócio. Requer estudo, conhecimento e nós estamos aqui para te ajudar! Conte com a Biblio Ideias e aproveite para comentar, como tem sido com você e o que você faz, mesmo quando nada do que você planejou deu certo e como aventurar-se com o novo roteiro pode ter sido bom para você e para seu negócio!

    O que você quer? Ser um milionário? Ter um negócio que te sustente? Gerar oportunidade? Qual seu sonho? Qual seu talento? O que você faria até de graça? Conta, vai!

Fique com o trailer e assista ao filme e depois me diga se te inspirou, ok?





Até segunda!

Marcelle Rebelo


Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...