terça-feira, 1 de setembro de 2015

O que eu vi no Plugcitários

          



          Olá pessoal, tudo bem?

          Há alguns dias comentei no aqui no Bloque que no dia 22 eu participaria de um evento da área de Comunicação, o Plugcitários no Ar, e estava devendo um feedback para vocês. Pois bem! Vamos lá.
          Antes de mais nada, queria esclarecer que continuo focada na moda e que entrar para o mundo publicitário não é minha pretensão, mas trabalhando na Biblio, com marketing digital, é mais que justo que eu aprimore meus conhecimentos, para que possa realizar um bom trabalho, que esteja a altura dos clientes que tanto confiam em nós. 
          O Plugcitários é um projeto idealizado por um jovem publicitário, o Eriksson Monteiro, de 21 aninhos. Mas não pensem que ele é inexperiente ou amador só pela sua pouca idade. Após alguns minutos de apresentação, deu pra notar que para ele, bagagem é o que não falta. O cara manda muito bem! Além do Erikson, o ciclo de palestras e debates contou também com um time de peso, composto por grandes nomes da Publicidade e personalidades da Internet.
          Foram 8 horas de imersão em um mudo maravilhoso, ao qual eu tinha ideia que poderia ser interessante, mas não sabia que era tanto. Estruturado com 4 palestras e 2 debates, o evento durou todo o dia, mas era tudo tão novo e curioso para mim, que nem deu pra sentir o cansaço. 
          Depois da mostra de comerciais e campanhas, que eram verdadeiras obras de arte, o menino Erikson se apresentou e falou um pouco sobre Branding x Crise, e se enganou, quem assim como eu, achou que a crise era a financeira que presenciamos atualmente. Ele falou do posicionamento das marcas perante alguma situação de crise interna, como por exemplo o caso do rato na Coca-Cola. Lembram disso? Mas o que mais me impressionou mesmo nessa palestra não foi o conteúdo. Fiquei tocada em vários momentos sobre algumas colocações pessoais que ele fez, e tomei para mim algumas lições, principalmente quando ele falou que nunca se é velho demais para começar algo.
          Depois foi a vez do JC Rodrigues, falando sobre como transmitir emoções pelos canais digitais. O cara simplesmente foi diretor geral na Disney Interactive Brasil, e é claro que não poderia ninguém melhor pra mostrar como se conta uma boa história. Foi incrível!
          Antes do almoço, rolou um debate com a galera famosa da Internet, que na ocasião eram Marcos Castro (amo!), Erick Krominski, que começou na internet e hoje está no CQC, Gustavo Chagas, do porta dos Fundos, e o Cezar Maracujá, do Parafernália, que eu não conhecia (podem me julgar), mas é ótimo! O debate foi sobre produção de conteúdo na internet, e sanou muitas dúvidas da galera que quer começar, como por exemplo, como funciona essa coisa de patrocínio, anunciantes, remuneração, e tal. Foi muito bom mesmo, e com esse elenco, as risadas eram certas.
          Na parte da tarde foi a vez da Heloísa Lima, diretora de mídia na agência BFerraz, de São Paulo. Como eu ri nessa palestra! Ela dá show, e além de muito divertida, movimentou todos os participantes, e conseguiu passar direitinho seu recado sobre o digital e o conteúdo, e a evolução dos meios, e como é cada dia mais desafiador ter propostas inovadoras diante de tantas mudanças no mercado.
          Seguindo a minha listinha, foi a vez do Felipe Crespo, que é gerente de mídia na W/MCCANN, falando sobre como o setor de mídia precisa ser criativo e inovador full time, e apresentou alguns de seus trabalhos incríveis. Aprendi muita coisa, embora tenha ido com um pouco de receio de ficar viajando no assunto. 
          Pra fechar o dia, teve mais um debate, dessa vez com três caras do mercado, redatores e diretores de criação (da Ogilvy, JWT e da Africa), falando sobre redação publicitária, mostrando alguns trabalhos e tirando algumas dúvidas práticas da galera. 
          Depois de um longo dia de aprendizado meu caderninho voltou pra casa cheio de dicas e ideias que posso implementar para melhorar minha performance por aqui. Foi muito bom estar em contato com pessoas experientes, cheias de conteúdo, o que me deixou ainda mais motivada pra aprender mais, e poder melhorar a qualidade do meu trabalho. Valei a pena cada minuto naquele auditório. Super recomendo! :)


          Bjos, e até semana que vem…

          Vejam essas campanhas e me digam se isso é ou não é arte?

Campanha da Agência DM9Rio


Campanha da Agência Ogilvy Brasil

          Chorei com as duas, e vocês?


Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...