terça-feira, 27 de março de 2018

O negócio é o seguinte: Coworking é algo poderoso! Faça parte!


Oi Gente, eu tenho falado muito no poder do coworking por aqui, ultimamente e isso tem a ver com o fato de que quase há 1 ano assumi um escritório e o transformei em coworking.
Trabalhar em ambiente compartilhado ainda é algo novo por aqui e muita gente talvez ache que não valha a pena. 
Mas, eu acho que isso deve ser repensado.

O coworking é bom para:

Quem é autônomo e precisa produzir mais e melhor
Quem tem empresa e quer ideias inovadoras e conhecer profissionais incríveis para serem parceiros ou fornecedores.
Quem quer inovar e crescer exponencialmente
Quem gosta de gente
Quem gosta de compartilhar ideias e projetos
Quem não tem medo da concorrência e sabe fazer parcerias
Quem quer uma cultura de trabalho moderna

Eu hesitei sair do home office e como coworker, mulher, mãe, empreendedora, fico confusa do que me dá mais produtividade, devido ao deslocamento e os gastos são muitos também, o que faz o home office ser mais interessante.

Ma, tenho ouvido muito das pessoas que adoram estar no Biblio Ideias Coworking, porque lá são focados, que adoram participar do coworking e fazer parcerias, me dizem que nosso espaço é confortável e acolhedor.

Então, concluimos que o coworkingé para quem não consegue focar de casa, ou cansou da mesmice da usa empresa.



segunda-feira, 26 de março de 2018

Viva a Mônica Pontes!!!


Hoje é dia da nossa colunista, colaboradora em criação de conteúdo, parceira em vivências, projetos, sonhos, cursos e nossa coworker.
Monica Pontes tem uma vasta experiência como mulher, mãe empreendedora na área de educação, como psicomotricista, sempre atenta às questões psicológicas, emocionais e ligadas ao afeto, ao relacionamento, às parcerias, às conexões humanas.
Somos fãs e admiramos muito a Mônica e desejamos um lindo ano novo para ela! 
Que a Motrix decole, seja uma marca de muito sucesso e cumpra sua função e missão de ajudar educadores, crianças, adolescentes, famílias na busca por relações mais humanas com o conhecimento, com o viver, com o empreender, com o trabalho.

Linda, tudo de bom! Feliz ano novo Pessoal! Feliz aniversário! Gratidão por todo apoio! Você é nosso presente!

Agenda da última semana de março!


Aula especial da Oficina de Desenho André Barroso. 
Como na sexta-feira, dia 30 é feriado, antecipamos a aula de desenho para amanhã, terça-feira e as crianças vão participar de uma aula temática de Páscoa, trazendo um Kinder ovo, um prato de doce ou salgado + bebida.
Os alunos podem trazer um amigo para experimentar a aula e confraternizar! Confirmar presença.


Nossa Criativa Flávia Rebello vai conversar ao vivo com você na página do Facebook da Biblio Ideias, amanhã, terça, 27 de março, às 15:00 sobre a relação que você tem com sua imagem, com seu corpo! Você vem?


Nesta quinta, antes do feriadão será o nosso MEET UP: Encontro em pé e informal para networking, troca de ideias.
Começa às 09:00
Os 5 primeiros terão direito a um PITCH de 2 minutos e responderão perguntas dos participantes, tendo a sua vitrine divulgando seu trabalho, seu projeto. Eu vou falar sobre como ter mais visibilidade nas redes sociais e como organizar processos.
A educadora e Master Coach Ana Célia Paixão vai falar sobre Gestão Psicoemocional do empreendedor e a empreendedora Criativa Livia Fernandes vai apresentar o projeto Laje Caiçara. O empreendedor Vagner Cruz vai falar sobre a importância de tomar um café com os amigos e apresentar o Clube Barão do Café e fazer uma degustação do seu café artesanal.

Para participar, entre em contato na página do Facebook ou por WhatsApp 98178-9445, enviando um WhatsApp com Quero meu café com ideias. Diga seu nome e receberá o link para a inscrição. Antecipado R$ 15,00 + prato de doce ou salgado + bebida
Neste evento também estamos arrecadando ração sem corantes para animais (1kg) da SONIPA e estamos fazendo a vakinha online para o Kaio Martins, que descobriu-se diabético e precisa custear seu tratamento.

Aniversariante do mês: Mônica Araújo da Motrix Educação

Foto Alline Ourique









No mês das mulheres, comemore sua força! E se não sabe onde ela está, leia o texto até o final! Por Monica Pontes

COMEMORE SUA FORÇA!




Começo lembrando algo tão nosso, tão feminino e que todas sabemos mas nem sempre lembramos. E é sempre bom lembrar porque ainda hoje, a luta é árdua. Desde tempos antigos a mulher não era considerada parte importante da sociedade; na Idade Média, por exemplo, era vista como um homem não completo, pois as características herdadas pela criança já estavam presentes no sêmen do pai, cabendo a mulher somente a função de abrigar e fazer brotar o fruto que vinha do homem. A história não seria tão diferente no decorrer das décadas. Nossa luta advém do sistema de uma tradição patriarcal que valorizava o sacrifício feminino – na maternidade e no casamento e , ainda hoje, é comum vermos mulheres que deixam de desenvolver capacidades criativas, de exercer liberdade, autonomia, expressividade, participação cultural ou social. E apesar de termos consciência do que ocorre, ainda tentamos desconectar-nos de falsas crenças em torno do universo feminino.

Mas vamos ao que interessa, falar da força!

Falar dessa força inata é importante, pois vejo mulheres que em algum momento se deparam com a depressão e, aos poucos, vão esquecendo de achar a si mesmas e valorizar o quanto de força possui. Para isso vou dar algumas características de força feminina:

💜Mulheres largam suas carreiras promissoras por seus filhos.

💜Mulheres permitem ter sua vaidade posta de lado, quando sabem que para gerar o amor de suas vidas podem perder o viço de seu abdômen e de seus seios.

💜Mulheres mesmo abatidas na batalha da vida são capazes de retornar como uma Fênix no momento em que seu companheiro precisa de apoio.

💜Mulheres perdem noite de sono para cuidar dos seus.

...POSSO DIZER QUE A LISTA É ENORME, MAS DEIXO POR CONTA DE VOCÊS OS ACRÉSCIMOS!😉


     A mulher possui uma força tamanha que ao ir à luta, parafraseando minha amiga Erian que diz: "- que a mínima fagulha de ameaça ao masculino faz eles se acovardarem assim como um adulto batendo em uma criança!”

Então, peço a você mulher,

💜 Preencha mais seu tempo com suas amigas, elas lhe darão a força necessária;


💜Que ao acordar evoque o que há mais belo em ti,

💜Que se a tristeza quiser se alojar, que brilhe dentro e fora de ti a luz brilhante que nos é dada desde o nascimento.

💜Que a força de viver suas aventuras e desventuras seja acompanhada da leveza de estar hoje mulher.

💜Que lembre que mulher é mais que força, é força da natureza.

E se, ainda assim, precisares de inspiração, cole em algum lugar a imagem que te representa como força feminina.



Hipólita – Guerreira amazona representando a garra e a coragem feminina.













Atena – Deusa da sabedoria, da estratégia em batalha, das artes, da justiça e da habilidade.










Mulher Maravilha - Ícone contemporâneo que simboliza a força feminina.











Valquírias – Da mitologia nórdica, são mulheres que também representam a força e coragem feminina.




É claro que temos muito mais referências femininas a nos inspirar, mas o mais importante é sabermos que existe uma força dentro de nós, sempre em movimento. Confie, não desista, siga sempre em frente!

Até o próximo post, e não esqueçam de me contar como se sentiram com o texto!



Convite imperdível da Flávia Rebello: Biblio Live - Body Positive

sábado, 24 de março de 2018

Body Positive - vamos falar sobre isso? Flávia Rebello

“Minha beleza, não é efêmera, como as que eu vejo em bancas por aí.”


Depois de um longo e tenebroso inverno – que durou mais de ano, diga-se de passagem,
eu estou de volta a esse querido espaço, para dar continuidade àquele bate papo nosso de
cada semana. E cá entre nós, eu estava morrendo de saudade! <3
Tanta coisa aconteceu... Mudei, mudei mais uma vez, e mais uma vez. Mudei de casa, de
cidade, de estado, de cabelo, de estilo, de pensamentos, e como vocês bem sabem,
se existe uma coisa nessa vida que eu gosto, é de mudança, não é mesmo?
Evolução, mores, evolução!
Hoje mais crescida, mais sofrida, mais esperta, mais desperta para novas oportunidades,
vou dividir novamente com vocês o que venho vivendo e aprendendo nesse mundão de meu
Deus, e para reconstruir essa nossa relação (eu sei que para alguns ainda eu estou
construindo), quero falar sobre algo que mudou a minha forma como me vejo, vejo o mundo,
e que mudou mais do que tudo a forma como eu me trato e me relaciono comigo mesma.
Começo afirmando que EU SOU A PESSOA MAIS IMPORTANTE DO MUNDO, e não, isso
não é egoísmo. Reconhecer, entender e aceitar isso é um exercício, muitas vezes demorado
e doloroso, mas pelo qual todos nós um dia teremos que passar.
Aí vocês devem estar se perguntando:
- Mas por que você está dizendo isso, Flavia?
E eu lhes respondo:
- Porque foi só a partir do momento que eu aprendi o meu “valor próprio”, foi só a partir do
momento que eu me propus a me entender, a entender as minhas limitações, em todos os
sentidos, fraquezas e forças, que eu consegui compreender os mecanismos para levar a
minha vida de forma mais leve, com equilíbrio e positividade.
E qual era mesmo o assunto de hoje? Ah, sim! Body Positive! Mas antes que eu explique o
que isso quer dizer, preciso te contar brevemente como eu vim parar aqui, nesse assunto.
Acho que tudo começou quando eu nasci, porque eu sempre fui GORDA, mas no fundo o
que eu queria de verdade era ser MAGRA, e entre o que eu via e ouvia, isso foi internalizado
e virou uma verdadeira obsessão quando eu alcancei um certo grau de consciência.
Quando criança, apesar da zoeira das pessoas na escola, ou do balé (SIM, porque mesmo
GORDAAA eu fiz balé), ou do jazz, eu não me incomodava, até a chegada da temida
adolescência, sabe, aquela fasezinha do mal, onde a gente segue o que é ondinha pra
estar inserida num grupo ou contexto. E nessa de seguir ondinha eu resolvi que tinha
que emagrecer, e dediquei os anos seguintes da minha vida a esse objetivo, e o pior
de tudo é saber que eu não estou exagerando, pois eu não me lembro de um ano sequer
em que isso não estivesse em pauta. E todos os anos sem sucesso. A minha fase mais
magra, eu alcancei tomando fórmulas loucas de um médico nada sério.
Sabe, eu realmente acredito que alimentação saudável e exercício físico só tem a fazer
bem pra gente, mas já ouviram aquele ditado que diz que a diferença entre remédio e
veneno é a dosagem? Pois então, no meu caso, a dosagem foi de veneno.
Em um outro momento aqui eu já me abri sobre o transtorno alimentar (Bulimia) que sofri
na adolescência, e que com muito custo consegui vencer, na verdade, controlar, por muitos
anos, porque quem já passou por isso bem sabe que a vigilância tem que ser constante.
E durante anos, eu escondi de mim mesma a minha briga com a balança, com o meu corpo,
com os meus sentimentos em relação a isso tudo.
Foram anos nesse looping infinito de emagrece – engorda – emagrece, até que da última vez
eu jurei que iria. Sabe quando você fala aquele “AGORA VAI!” cheio de vontade? Então...
Criei projeto em rede social, investi pesado nessa nova tentativa, trabalhei isso com os
melhores profissionais, estive no meio de pessoas com histórias inspiradoras.
O que não faltou foi oportunidade, e tudo realmente estava indo de vento em popa,
e eu vivia entre planilhas, corridas, dietas, treinos regrados, corpo se transformando.
Estava tudo maravilhoso, mas no meio desse turbilhão de coisas que ocupavam meu tempo
integralmente, eu percebi que eu não estava feliz.
E perceber que isso tudo não me completava, não me dava um sentido, fez com o monstro
da ansiedade se aproximasse, e me levasse a um estágio poucas vezes antes visto.
Começava como uma euforia (sabe aquele friozinho na barriga?) que crescia e virava medo,
misturado com tristeza, vazio, desanimo, e logo vinha uma nova crise compulsiva.
Eu comia, saciava meus medos, e logo depois me culpava, pois havia dezenas de pessoas
esperando que eu realmente tivesse resultados. Que sofrimento!
Era um misto de tristeza com frustração, por buscar algo que eu julgava certo, por buscar
algo que me diziam ser o correto, mas que ao mesmo tempo me fazia tão infeliz.
Não me trazia sentido, não tinha equilíbrio. Eu não podia continuar me enganando...
A partir do momento em que eu me dei conta de que que a tal busca pela perfeição era
o que dava vasão ao meu transtorno de ansiedade, uma vez que eu vivia perseguindo um
padrão que para mim é custoso e inalcançável, a minha relação comigo mudou. É claro que
não foi da noite para o dia, pois isso é uma construção diária, mas hoje consigo ser flexível,
maleável, tolerante e ao menos enxergar o caminho do equilíbrio.
Esse insight se deu quando eu comecei a me fazer certos questionamentos. Até que ponto
valia a pena me privar? Estar magra aos olhos do mundo valia a minha infelicidade? Eu queria
aquilo, ou queria porque os outros queriam? Será que havia um meio termo? Onde eu queria
chegar? Qual o meu real objetivo?
Foi aí que nas minhas andanças pelo maravilhoso mundo da internet, atrás das minhas
inspirações eu descobri o conceito de “Body Positive” ou “Body Positivity”, e isso realmente
mudou a minha vida.
Mas afinal, o que é isso?
O Body Positive é um movimento nascido nos Estados Unidos, que surgiu como um grito de
liberdade na contramão dos padrões estéticos compartilhados pela mídia e grandes marcas
nos últimos anos, e tem por objetivo mostrar a beleza em todos os corpos, enaltecendo a
máxima de que cada um tem a sua beleza, e que ninguém tem o direito de julgar isso.
É uma forma amorosa de olharmos para nós mesmos, sem que nos penalizemos pelo que os
outros julgam ser um defeito em nós. É ter uma atitude positiva em relação ao nosso corpo.
Body Positive é um estilo de vida que vai mudar a sua forma de cuidar do seu corpo!
Muitas pessoas, com pouco conhecimento acerca do tema, o prejulgaram como o movimento
do conformismo, o que não é verdade. A beleza do movimento é exatamente a liberdade
que ele dá para que as pessoas se amem como elas são, estando dentro desse padrão
imposto, ou não. Se você ama treinar, é adepto das super dietas, e está em plena forma,
também pode ser Body Positive. Por que não? Mas se você não, ok! Tá tudo bem também!
Somos livres! O que ele quer quebrar justamente são as amarras da obrigação.
Se você está acima do peso, ou por problemas de saúde precisa emagrecer, ou tem algo
que queira mudar no seu corpo, você pode, mas entenda primeiro a sua motivação.
É por você? Ou é porque dizem que você precisa fazer? A sua motivação é se encaixar
no padrão? Pensa nisso!

Encerro esse meu retorno ao blog com essa reflexão, para que a gente continue esse
assunto na terça-feira, dia 27, as 15 horas na nossa Live, que vai rolar lá na fan page da
Biblio Ideias. Então pensa nisso e vem conversar comigo um pouco mais sobre isso.
Aguardo vocês todos lá!

 


Imagem: DAQUI

Então genteeee!

A gente tá mega feliz por ela ter voltado e você?

Quer receber os posts da Flavia Rebello no seu e-mail? Cadastre-se aqui no menu lateral no blog e não perca os posts! Quer ser lembrado da Biblio Live? Mande um WhatsApp para 2198178-9445 com seu nome, de onde você é e a mensagem: Me avisa da #bibliolive! Ou siga no evento na Fan Page da Biblio Ideias.

segunda-feira, 19 de março de 2018

Hoje é dia do artesão. Fazer artesanato pode ser algo político, com uma causa, com um manifesto!


Parabéns a todos que trabalham com artesanato. Somos fãs! No mundo existe um movimento forte, que gerou um livro lindo, que a amiga Rossana Fernandes, da Sweet Cherry Accessories me presenteou e está no Biblio Ideias Coworking, o Craft Activism.


O livro mostra o artesanato como forma de manifesto, em torno do mundo. 
Fazer algo a mão é um manifesto. Em tempos de empresas que são desvendadas e usam trabalho escravo, preços injustos e muito mais.
Participe deste momento,compre de quem faz.

Parabéns à Monique Araújo, da Que Fofo Ateliê, Sou Boho, Katia Rebello Cake Designer, Ateliê Sweet Cake, Valeria Ferraz, Dinha Ariodante, tudo que for feito à mão.

19 de março, dia do artesão!


Coaching para mulheres empreendedoras realizarem seus sonhos - organizarem a vida e o projeto!


Estou muito feliz com a retomada com mulheres empreendedoras. O empreendedorismo feminino é um caminho escolhido por muitas mulheres que tem uma espécie de chamado pela sua vocação e também para ter flexibilidade para cuidar dos filhos, dos idosos ou doentes na família, ou para dar mais atenção a si mesma, à casa e ao marido.

Enfim, são muitas as razões, mas muitas vezes a mulher se perde, se sobrecarrega, se desorganiza. O HERA DA MULHER EMPREENDEDORA, MULHERES NO COMANDO será nossa primeira turma de coaching feminino em parceria com a HERA EDUTY RIO. Estou me formando no curso de Educador Coach e fui convidada pela Educadora Master Coach Ana Célia Paixão para colaborar com algumas ferramentas e aulas.

Vai ser lindo!

Quer fazer parte?

Os encontros serão em cinco terça-feiras, das 14:00-17:00 no Biblio Ideias Coworking

Escreva-se AQUI

segunda-feira, 12 de março de 2018

DROPS Biblio Ideias School: Quer aprender a anunciar, impulsionar e encontrar seus clientes no Facebook e no Instagram?


Muita gente fica aflito com os convites do Facebook para impulsionar uma publicação pensando na promessa de alcançar um grande número de interessados no que faz ou vende, mas em geral fica um pouco decepcionado com o resultado.

Para quem tem negócio próprio ou quer lançar produto, serviço, evento e ser encontrado por quem precisa do que você faz deve separar um valor para investir em Facebook Ads.

É público e notório que as pessoas passam muito tempo de suas vidas conectados em redes sociais, a partir do celular e o Facebook vem investindo em formas para ajudar você a ser encontrado.

O conteúdo orgânico é sensacional e pode te ajudar muito. Se você já tem seu conteúdo orgânico estruturado e quer ir mais longe, quer acertar nas campanhas do Facebook e anúncios no Instagram, esse curso é para você!

O especialista Rodrigo Gianni, nosso criativo (Ebaaa, ele entrou para nosso time!!!!) vai passar uma manhã com você falando das políticas, diretrizes e te ajudando a criar a melhor estratégia para você atingir seus resultados. Ele vai ensinar a criar campanha no Facebook e no Instagram.
Vai ser dia 17 de março, sábado que vem, de 09:00-12:00.

Você precisa trazer seu notebook, um valor pequeno para criar a campanha em um cartão de crédito, que pode ser pré-pago e vontade de aprender.

Como um bônus para quem fizer esse curso, o Rodrigo Gianni vai acompanhar as campanhas por 30 dias.

Quer participar?

O curso será na Biblio Ideias School, no Biblio Ideias Coworking, em Piratininga, Região Oceânica de Niterói.

Inscreva-se Aqui:



Você participou da Live na semana passada com o Rodrigo Gianni? Passe na página da Biblio Ideias no Facebook e anote já algumas dicas preciosas para seu negócio se destacar no Facebook e no Instagram.


O negócio é o seguinte: Venha para o coworking


Oi Gente, tudo bem? Semana nova começando e segunda é dia de falar sobre o que pode turbinar seu negócio, sua carreira.
Desde abril do ano passado, eu resolvi aceitar o desafio de abrir um coworking na Região Oceânica de Niterói. 
Estamos quase completando 1 ano e eu mergulhei fundo nesse universo. Por isso fiquei tão ausente aqui no blog, porque entrou um braço muito importante para conceber, formatar, gerenciar, fazer a gestão aqui na Biblio Ideias. 
A primeira vez que ouvi falar sobre COWORKING foi um anúncio do ColWorking, nosso Padrinho hoje e eu fiquei apaixonada com a proposta. Tanto que levei o PRATICANDAR, curso de marketing digital, fotografia com celular e economia para empreendedores para lá.

Depois, participei do Happy ColWorking e tive a felicidade de ter o Col na Tattoo Expo, com seu coworking, com seus co-workers mostrando o que faziam. Foi sensacional a experiência e o que aprendi com o Col é que isso tem tudo a ver com compartilhar ideias e acelerar negócios e sou muito grata a ele. Mesmo! E se você quer acelerar seu  negócio, ter ideias criativas, sacadas para facilitar sua vida em sua carreira ou jornada empreendedora, o negócio é o seguinte! Contrate um pacote em algum espaço de coworking perto da sua casa ou até em  mais de um, porque cada coworking tem um tipo de galera diferente.

Eu tenho divulgado bastante a Biblio Ideias School e os cursos presenciais e talvez não fique claro que além do espaço para aulas, temos o espaço para você trabalhar sozinho ou com sua equipe, ou com seus parceiros em ambiente compartilhado.

As empresas de sucesso e antenadas tem buscado ocupar, financiar, patrocinar e ter suas equipes trabalhando em ambiente de coworking para que ganhem na cultura, conhecimento e compartilhamento de ideias, já que os coworking spaces são a casa de muitas startups e de profissionais inovadores, com ideais, ideias e ações inovadoras o que faz com que o espaço compartilhado não seja só para quem está com pouca grana para alugar um espaço próprio. Muito pelo contrário.

Se isso é muito novo para você, se você tem vontade de experimentar, mas não sabe se conseguiria se adaptar, a gente dá de presente uma oportunidade super bacana em março: Free Friday. 

Você pode agendar e trabalhar em ambiente compartilhado, de 09:00-16:00 ou pode escolher dar um curso ou palestra e usar 1 hora de nossa sala de reunião/treinamento, totalmente grátis.

Como funciona?

Passe na página da Biblio Ideias, curta a página e mande mensagem com "Quero minha Free Friday" e use nosso espaço para experimentar essa nova forma de trabalhar.

Passe para os amigos da Região Oceânica de Niterói que tenham empresa ou trabalhem em esquema de home office, mesmo tendo emprego.




LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...