terça-feira, 21 de junho de 2016

Sobre recomeçar...


          Não é a primeira vez que tento escrever sobre isso, aliás, não é a primeira vez que recomeços se instauram na minha vida, e acredito eu que não será a última. Acontece que quando a gente é pego de surpresa pela vida, as coisas parecem ser bem mais difíceis do que realmente são.
          Recomeços podem ser vistos de tantas formas... Podem ser vistos com bons olhos, com maus olhos, podem ser vistos de forma positiva, ou negativa. Mas a verdade é que recomeços são chances que a vida nos dá de arrancar as páginas já escritas - muitas vezes mal escritas, e começar de novo, de uma forma diferente.
          Estou exatamente nessa fase. Casa nova, cidade nova, vida nova. Do zero, mas do zero mesmo... Parece assustador, né, e realmente é, mas no fim, acho que isso serve pra tirar a gente da zona de conforto e dar aquela sacudida no que já não andava mais. É hora de avaliar novas possibilidades, repensar os erros, e seguir em frente levando só o que foi bom.
          Tenho medos enormes, expectativas também... Carrego comigo um baú cheio de dúvidas e incertezas dos rumos que a vida insistiu em me dar. Ter fé em algo maior nesse momento é importante. Acredito que não me síria dada uma missão que eu não fosse capaz de suportar. Seja qual for a sua crença, vai por mim, isso ajuda, e muito.
          Andar, sem saber se haverá chão para pisar logo a frente amedronta, não saber o que te espera também, mas na vida é assim: as vezes precisamos de uns solavancos pra gente perceber que novos rumos são necessários. Crescer dói, mudar dói, seguir em frente e esquecer dói. Mas são dores necessárias para a nossa evolução.

         Então, vamos em frente rumo a essa nova jornada, caminhando rumo ao desconhecido, na esperança de conseguir a realização logo ali na frente, carregando na bagagem um bocado de experiência, e muita esperança. #partiuvidanova

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...