domingo, 10 de janeiro de 2016

Seguindo a nossa série sobre organização...

          No fim de cada ano, a maioria de nós faz aquela mega faxina, afim de desentulhar a casa, na esperança de abrir espaço para as coisas novas, afinal, ano novo, vida nova, não é mesmo? Vai roupa, sapato, papéis, objetos, revistas, e tudo mais que não é usado e só está ocupando espaço. Muita gente faz isso de forma intuitiva, e esse desapego de fim de ano é tradição em muitas casas, mas o fato é que isso realmente tem o poder de renovar as energias e fazê-la circular, de forma positiva.
          Estamos apaixonados pelo livro da Marie Kondo, a japonesa conhecida mundialmente pelos milagres que realiza na arte de organizar, e lendo seu livro, descobrimos que o primeiro passo para uma boa organização realmente é o descarte, mas isso não é só uma questão de jogar fora ou doar o que está ali parado não.
          Ao longo da vida, vamos acumulando coisas, que ganhamos ou compramos. Vez ou outra nos apegamos a alguns objetos emocionalmente, porque foram dados por alguém especial, ou porque eles nos remetem a boas lembranças, e isso acaba sendo um dificultador na hora do descarte. E com tanta coisa em casa, qual a solução mais racional? Comprar mais coisas, para que possamos guardar essas coisas acumuladas. É porta lápis, porta maquiagem, porta joias, porta qualquer coisa, o que faz com que nossas vidas fiquem ainda mais entulhadas, dando uma falsa sensação de organização.
          O ideal seria que tivéssemos só o essencial, mas sentimos a necessidade de recompensa depois de tanto esforço e trabalho, e esse pensamento faz com que juntemos cada vez mais coisas. Quantas vezes vocês se presentearam com algo que sequer usaram? Quantas roupas existem em seus armários que ainda estão com a etiqueta, mesmo tendo sido comprada há meses?
          Então, essa é a nossa proposta de hoje: se vocês ainda não fizeram essa faxina no final do ano, é um ótimo momento para começar. Critérios existem aos montes, seja por tempo de uso, por não usar há muito tempo, ou por não servir mais, e você deve selecionar o que melhor se adequa em seu perfil.
          A Marie Kondo fala do livro sobre o critério da felicidade, que grosseiramente explicando seria assim: Serei feliz guardando tal coisa que não uso há tempos? No contexto do livro ele faz muito sentido, então, te recomendamos a leitura. É um divisor de águas... Agora, se não leu, ou não tem interesse na leitura, optar por se desfazer de coisas que não usa há mais de um ano pode ser uma boa, afinal, se não usou no último ano, pode ser que não venha mais a usar.
          A única coisa que precisamos ter em mente é que um ambiente organizado nos faz mais felizes, produtivos e entusiasmados. Temos que tirar o velho, para que o novo possa entrar, e aqui, aquela máxima da Física que diz que dois corpos não podem ocupar o mesmo lugar no espaço, se encaixa muito bem.
          Estão esperando o que para começar?
          Tenham todos uma ótima semana!

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...