sábado, 28 de novembro de 2015

Gadget tudo de bom: Anticoncepcional sem hormônios... Será?



          Desde a popularização do uso de métodos contraceptivos hormonais, a mulher ganhou mais controle sobre o seu corpo, podendo assim, se prevenir de uma gravidez indesejada. Os métodos evoluíram, a quantidade de hormônios diminuiu, surgiram no mercado novos tipos de anticoncepcionais, como os injetáveis ou adesivos.
          Em contrapartida, sempre existiram pessoas que eram a favor de métodos menos invasivos, como o DIU, o a famosa tabelinha, e ultimamente essa corrente vem ganhando força, e a cada dia mais mulheres optam pela não utilização de medicamentos, quando o assunto é contracepção. Muitas mulheres passam a vida sentindo uma série de desconfortos causados pelos hormônios ingeridos, não conseguindo se adaptar a eles por algum motivo.
          Hoje em dia, existem até aplicativos que, baseados nas informações do ciclo menstrual, calculam o período fértil, ou seja, o período onde o risco de gravidez, no caso de uma relação sexual desprotegida. Tais aplicativos funcionam como a tabelinha, feita de forma manual, e a chegada do NaturalCycles ao mercado brasileiro, tem feito muita gente abandonar os anticoncepcionais hormonais, e apostar nesse método que se baseia na temperatura do corpo.
          O NaturalCycles funciona assim: ao acordar, você deve medir a sua temperatura e informar os dados no aplicativo e verificar a fertilidade do dia, já que a temperatura do corpo da mulher se eleva após a ovulação, por causa do aumento de progesterona.
          Parece bem simples, mas o fato é que essa temperatura deve ser medida logo ao acordar, antes mesmo de levantar-se da cama, mas além disso, devemos levar em conta que a temperatura do nosso corpo pode variar por causa de alguma infecção ou febre, por uma noite mal dormida, pela ingestão de álcool na noite anterior, e para que o método fosse 100% seguro, a mulher deveria seguir uma rotina rigorosa de horários de dormir e acordar, e não se expor a nenhum tipo de situação que pudesse alterar tal temperatura, chamada de temperatura basal.
          Os aplicativos de controle do ciclo são excelentes para que a mulher conheça melhor o seu corpo, se atente às variações de humor no período pré menstrual, e consiga observar se há alguma irregularidade, uma vez que somos extremamente sensíveis a algumas mudanças, e as alterações na menstruação podem dizer se algo está errado, contudo, se valer somente disso para prevenir uma gravidez indesejada parece um tanto quanto arriscado.
          Apesar da infinidade de contraceptivos alopáticos, o uso da camisinha não pode ser dispensado. Conhecido como um contraceptivo de barreira, ela pode sim prevenir não só a gravidez, mas também uma infinidade de doenças sexualmente transmissíveis. Converse com seu médico, pois ele pode te indicar um método se adapta ao seu corpo. No mais, sexo seguro é sempre a melhor opção.





Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...