segunda-feira, 5 de outubro de 2015

O negócio é o seguinte: qual seu empreendimento mais importante?


Hoje é dia do empreendedor e no negócio é o seguinte da semana, não poderíamos deixar de falar sobre esse ser, que foi mordido pelo bichinho do empreendedorismo.
Alguns clientes, torcem o nariz, quando me refiro a eles como empreendedores ou empresários, porque eles não se veem como tal. Outros, se veem pequenos demais e desanimam, deixam o sonho morrer.
Ser empreendedor é algo que é quase que inevitável.
Se você é lider, gosta de compartilhar ideias, era aquela pessoa da escola que fazia o trabalho do grupo sozinho para garantir boas notas, pode crer que deve estar entre os donos do seu próprio negócio, mesmo porque, aprender a dividir ideias, tarefas, talentos, dores e delícias e trabalhar em grupo, só com o tempo mesmo.
No Brasil, o empreendedorismo cresceu e vem crescendo bastante.
A economia agradece, já que pessoas donas dos seus próprios negócios geram renda, inventam seu emprego e criam oportunidades de negócios para outras pessoas.

Mas, a bem da verdade, o negócio é o seguinte de hoje vai te presentar com uma dica de ouro, uma dica que a Dona Celi, a saudosa e querida minha mãe, que não está mais aqui neste planeta me ensinou. Digo que ela e a Dona Irene, minha avó quem me criou foram minhas primeiras coaches...enfim, a regra de ouro da Dona Celi era a seguinte:

Na vida há muitos caminhos e o segredo é saber o que você não quer, de jeito nenhum. Quando você sabe o que não quer, fica mais fácil saber fazer as escolhas, porque aí você já elimina um monte de coisas.

Costumo dizer que o empreendedorismo veio para mim, ao optar por trabalhar para mim mesma, inventar meu emprego e tocar a Biblio Ideias, com base na única coisa que eu não queria de jeito nenhum:

Terceirizar o Miguel

Eu não quero ter um filho terceirizado. Por isso aprendi a delegar e recusei um monte de oportunidades, eventos, congressos, feiras e tenho me tornado cada vez mais uma empreendedora digital, porque quero ser dona do meu tempo e ter tempo para criar meu filho, educá-lo, passar valores para ele e também cuidar com carinho da minha casa, cozinhar minha própria comida, dançar minha zumba, olhar meu jardim, usufruir das coisas que eu tenho e não ficar louca, mal humorada e estressada ou maníaca compulsiva por compras e outras coisas mais. Ah, também não quero tomar remédio tarja preta.

Ou seja, não é fácil empreender e ser dono do seu próprio negócio, não significa que você vai trabalhar menos (são 23:51 e estou postando a minha coluna porque não consegui agendar na semana anterior e não quero deixar furo) e amanhã já tenho aula de inglês para dar, logo cedo e a noite também...terça é dia de carga mais pesada por aqui. Venho de uma semana que precisei dar palestra, abrir evento e fazer reunião que foi muito difícil e desgatante. Nem tudo são flores, mas sou eu quem digo onde vou, quem é meu cliente, quem são meus pares no trabalho e essa liberdade é muito bem paga e mereço usufruir dela.

Eu aprendi com a Paula Quintão, que tem um curso ótimo sobre empreendedorismo digital e esteve palestrando em congressos digitais que participei esse ano, enfim...a Paula entende e explica que empreendimento é tudo que envolve nossa energia, planejamento e sonho.

Então, se você quer ter um filho, esse vai ser seu empreendimento, se você quer casar e planeja um casamento bonito, esse é um empreendimento...sendo assim, todos somos empreendedores de nós mesmos. Empreendedores da nossa imagem, do nosso vasto conhecimento, da nossa vida, dos nossos amores, amigos, sonhos...e então, mesmo que você trabalhe em uma empresa que não seja sua, não toque seu negócio próprio, você é um empreendedor de si mesmo!

Assim, desejo um feliz dia a todos os empreendedores e digo que a minha jornada está muito mais saborosa e rica com a presença da minha equipe (Flavia Rebello, Hugo Motta e Henrique Maciel, que não tá na foto, mas é um cara super presente no meu trabalho).

Sem contar clientes, amigos e parceiros, que invertem os papéis em muitos momentos e sem vocês eu já teria desistido! Um muito obrigado a todos que tornam a Biblio Ideias essencial a cada dia, porque negócio não se faz com dinheiro. Negócio se faz com pessoas e eu convivo com as melhores pessoas do mundo!

Um brinde a todos nós, empreendedores de nós mesmos!





Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...