quinta-feira, 4 de junho de 2015

Vou pegar o TREM com a RITA, vem comigo?

Eu te convido a pegar o trem com a Rita e comigo, bora?

Empreender, seja no seu negócio, no amor, em algo que você queira aprender, aprimorar-se, nas amizades, na sua família, requer que você esteja ligada em cada área da sua vida...incluindo a saúde, a espiritualidade, atividades físicas etc.

Quem é dona do seu negócio ou está lançando seu produto, seu serviço já tem um monte de papéis dentro desse trabalho - vendedor, comunicador, operador, entregador, contador, comprador, gerente e por aí vai e haja fôlego.

Se nós não nos dermos conta, vamos gastando toda nossa energia no trabalho, com a sensação de que quanto mais fizer, mais resultado vai ter e depois sucumbimos, ou ficamos frustrados porque enxergamos que não vale o nosso tempo (o tempo que deixamos de viver, passear, estar com o marido, com os filhos, vendo TV, lendo revista, pegando sol...) e queremos jogar tudo para o alto por não ter a remuneração, o sucesso esperado na hora em que queremos, principalmente após tamanha dedicação (noites viradas viram um padrão).

Confesso que tenho vivido esse processo de muita paixão, muita coisa para fazer para dar conta das demandas do trabalho e estudos para me aprimorar e oferecer mais serviço, com mais qualidade e quando vejo...só penso no meu trabalho...obcecadamente...

Então, eu estou investindo meu tempo em coaching, com a super Ana Paula Santos e tem sido muito bom para mim, por vários motivos e eu recomendo.  Além das sessões, eu preciso cumprir algumas tarefas, que são técnicas, que realmente nos fazem enxergar coisas importantes e nos motivam a mudar.

Acredito que todo empreendedor, todo profissional deveria ter um Coach. Coach vem do termo treinador ou técnico em inglês e não à toa os artistas, músicos, atletas, executivos investem nesse profissional para orientá-los em sua trajetória e hoje em dia é muito mais possível e acessível que você também tenha um Coach ou mentor para te acompanhar em sua trajetória. Vale a pena!

Vou compartilhar com você duas técnicas para te ajudar a mudar o seu "mind set" ou forma de pensar e de repente é o que falta para você ter mais equilíbrio, energia e direção para focar no que vai fazer a diferença em seus resultados.

Minha Coach Ana Paula Santos me pediu para pegar um TREM - escrever em um papel tudo que eu quero TRANSFORMAR na minha vida, no meu trabalho, enfim no que eu quiser. Depois, escrever o que eu quero REALÇAR, ou seja, algo que esteja bom e eu quero ainda melhorar. Então, eu deveria escrever o que eu quero ELIMINAR da minha vida (tem que ter cuidado nessa fase, porque vai embora mesmo) e por último o que eu quero MANTER.

Bora pegar esse trem? Anota aí?

Transformar
Realçar
Eliminar
Manter

Na hora de anotar, o que for para eliminar, devemos queimar e o que for para guardar, devemos manter em uma caixa e essa é a fotografia do nosso momento atual.
Depois de um período, exemplo 6 meses, vamos tirar outra fotografia do nosso momento revendo pegando o  TREM de novo.

E aí pensar: para que isso aconteça, O QUE FAZER? COMO FAZER? QUANDO FAZER?

Quais os recursos internos e externos que temos para realizar isso.

Eu demorei a pegar o TREM, porque preciso encaixar os exercícios na rotina e estou dando vários passos no meu trabalho e isso também é acompanhado e avaliado por ela, mas para me inspirar a não perder o trem e compartilhar com você esse exercício, resolvi escrever na minha coluna, que vai ser toda quinta.

Assistindo ao Mãe 2em1, para Mães solteiras, mas com muito conteúdo para mães empreendedoras, eu assisti a uma palestra com a Mariana Morena, que nos apresentou à RITA.

Então, a Rita também é uma técnica de coaching e devemos:

Refletir
Idealizar
Traçar
Agir

Muito no estilo do TREM, então para realmente assumir os meus desejos, o que preciso mudar, onde quero estar daqui a 6 meses, 1 ano, 5 anos, 10, anos, 20 anos, 30 anos...entendi que preciso parar e fazer meus exercícios, pensar com meus botões, ter tempo para pensar nessas questões e com a vida corrida, de mãe, mulher, empreendedora, amiga, sobrinha, prima...acabo não me priorizando e isso quero definitivamente mudar esse ano. Minha grande meta.

Reflita quem é você como mulher, mãe, empreendedora, parceira, amiga, filha, irmã, tia, sobrinha, neta, enfim, todos os papéis que você atue. Idealize o que você quer ser em cada papel. Homens também, claro! Pense em cada papel que assume e idealize que tipo de pessoa você quer ser. Trace suas metas e tome o primeiro passo após o exercício. Só nós podemos fazer por nós mesmos coisas que vão nos tornar essa pessoa que idealizamos.

Porque não se trata de egoísmo. Quando cuidamos da nossa mente, corpo e espírito e nos alinhamos com nossa missão e propósito...nos tornamos uma pessoa melhor e cada papel que exercemos, fica mais leve, fácil e as pessoas que convivem conosco em cada área vão nos agradecer.

Então? Bora pegar o TREM com a RITA?

Conte aí nos comentários como foi sua experiência com essa reflexão. Anote, guarde e revise.




Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...