sexta-feira, 8 de agosto de 2014

O que seus amigos devem saber sobre sua empresa, sua marca?


Bacana essa matéria da Revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios.

Temos clientes que não querem misturar perfil pessoal de mídia social com o trabalho, e entendemos os motivos, mas sem precisar ser o chato de galocha, podemos sim, informar aos nossos amigos sobre o que fazemos, quão bem fazemos e onde queremos chegar.

O networking é importante, não só as mídias sociais, mas se você não curtir as publicações da sua marca,  não convidar as pessoas para curtirem, não compartilhar, fica difícil trabalhar a sua rede social e pode ser que muitas pessoas confiem, gostem de você e adorariam ser atendidos pelo seu negócio.

Vejam a matéria: 

Nossos amigos são importantes também no que diz respeito às nossas carreiras e negócios. Eles não precisam saber tudo o que fazemos, mas precisam ter informações sobre a quem você serve, como você serve e quão bem você serve.
Por quê? Pois seus amigos e colegas são as melhores fontes para a sua próxima oportunidade de negócio – seja onde eles trabalham, em um papo com um cliente ou em algum e-mail que eles recebam.
Jullien Gordon, coach e consultor para empresas do segundo e do terceiro setor nos Estados Unidos, dá essas dicas no site do Young Entrepreneur Council. Quando a sua rede de amigos e contatos sabe o que você faz bem e aonde você que chegar, você não é o único que está preocupado com seus interesses – todo o seu círculo de amizades está também.
Se você quer usar seus contatos em prol do seu negócio, estas são três coisas que seus amigos devem saber sobre você, de acordo com Gordon.
1. A quem você serve? Saber quem são seus clientes é importante para a sua rede de contatos. São indivíduos ou organizações? Crianças ou idosos? Quem é seu cliente ideal? Saiba a diferença entre seu cliente (quem paga a você) e seu consumidor (quem de fato usa seu produto). A sua rede de contatos pode dar mais acesso aos dois públicos e fornecer novas oportunidades para você servir melhor seu nicho, mercado ou grupo demográfico.
2. Como você serve? Essa resposta é basicamente o produto ou serviço que você entrega em uma empresa ou para o cliente – é mais do que a sua profissão. Por exemplo: uma coisa é você ser advogado, e outra é você ser especializado em casos de acidentes de trabalho. Se alguém ouve palavras que têm a ver com você, lembram-se do seu negócio imediatamente.
3. Quão bem você serve? A sua rede precisa saber seus resultados mais recentes – assim, quando eles encontram alguém que está no seu target, eles têm uma história poderosa para compartilhar. Não há nada melhor do que marketing boca a boca!
Além de fornecer mais dados para a sua rede de amigos, esforce-se para saber também o que eles fazem. Assim, quando você ler um e-mail com uma oportunidade, devolva a atitude para essas pessoas e pense em alguém que poderia lucrar com isso. Todos podem crescer juntos!

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...