terça-feira, 2 de outubro de 2018

Pedagogia Positiva: Como desenvolver uma boa autoestima - Por Monica Pontes


Olá, pessoal!

A Oficina da Família desse mês aconteceu aqui no Biblio Ideias e foi sobre como desenvolver uma boa autoestima. A autoestima é a autoimagem que fazemos de nós mesmos. Assim como espelhos que refletem de volta para nós nossa imagem, a influência das experiências com outras pessoas, como professores, amigos e familiares, são adicionadas a essa imagem e reforçam o que pensamos sobre nós mesmos.

A importância da família nessa construção é cuidar como essa imagem está sendo refletida. É real ou distorcida de quem realmente é ou somos? Continuamente as informações que coletamos no nosso dia a dia nos faz avaliar e afetam como agimos. Como aparência física (Como eu estou?), desempenho (Como estou indo?), relacionamentos (Quão importante eu sou?). Se temos uma autoimagem negativa nossa satisfação e capacidade de atuar nessas áreas diminuem e podem levar até a depressão. Não é a toa que o Ministério da saúde dedicou o ano de 2017 à prevenção ao suicídio e depressão, que estão tendo crescimento preocupantes. 

Selecionamos alguns passos para desenvolver a autoestima. São simples mas importantes de acordo com alguns pesquisadores e claro, de acordo com as experiências que vivemos ao longo da dinâmica escolar e sabedores que a família é essencial nesse processo.


Na Oficina, além de discutirmos o texto sobre autoestima e compartilharmos experiências, fizemos também uma vivência onde cada um dos responsáveis diziam o que cada pote representava para si. As diferentes respostas para os mesmos potes (aqui representados como o recipiente que guarda nossos afetos) são uma forma de mostrar como cada indivíduo vê e percebe o mundo, uma forma de ensinar aos nossos filhos que somos seres especialmente diferentes uns dos outros e que isso não nos torna maiores e muito menos menores que os outros.





Termino aqui o post convidando vocês a darem o primeiro passo que é fazer com que nossos filhos acreditem em algo mais. Por exemplo: se estivem tristes, ir ao shopping e fazer compras,  mimar-se a si mesmos está na lista de possível solução para a felicidade? Não!! Tem que ser algo de volta para si mesmo, esse é o principal caminho da felicidade e não a confundam com alegria; não estamos alegres o tempo todo. Tristeza faz parte, desilusões também. Mas acreditar que você pode passar por tudo isso é o que vai te fazer mais forte e gostar de si mesmo. Uma autoestima começa com a aprendizagem de aceitar e amar a nós mesmos. Cabe a nós adultos apoiarmos esse caminho, fazendo o melhor que pudermos para educar crianças felizes, emocionalmente inteiras e saudáveis.


Quem se arrisca a  dizer nos comentários o que cada pote trouxe de ideia, lembrança ou sentimento? Queremos saber!

Um grande abraço, e até o próximo post! Comentem, compartilhem, participem!

Monica Pontes😉






Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...